children

Criança do universo

Início pdf share

A reflexão sobre a criança e o homem pode ser combinada com a observação da planta. Ela está embutida no todo, prosperando no solo e voltando-se para o sol. A muda é acordada para a vida no momento apropriado. Tempo certo e condições certas, água e luz são os fatores do despertar. A muda produz um broto que se ancora para baixo, em direção ao núcleo da Terra. Então a haste segue para cima, para o mundo e para a luz. A planta produz folhas e gradualmente uma flor surge para ser polinizada e produzir um fruto e outra semente boa. A semente é boa quando a vida da planta também é boa.

Talvez não haja nenhuma geração na história moderna que não tenha pensado na melhor forma de passar o tesouro do conhecimento para seus filhos e descendentes. Muitas perguntas se levantam nos nossos tempos modernos, quando as formas de vida têm mudado tão rapidamente. Perguntas que são relevantes hoje, e agora.

Como educar a nova geração?

Como combinar teoria com prática?

Existem métodos para facilitar tudo isso?

Que tipo de escolas - clássicas ou alternativas?

Podemos esperar que mulheres e homens queiram exercer a profissão de professor?

E as crianças gostam de ir à escola?

Elas têm boas lembranças de seus anos na escola?

Elas saem da escola com um senso de "saber"?

Um jovem passa alguns anos na escola. Cerca de 13. Às vezes 4-5 anos a mais. De tempos em tempos, nasce uma pessoa de espírito talentoso e personalidade amorosa, que inspira um renascimento na educação. A República Tcheca tinha um gênio, que é conhecido em todo o mundo. Suas obras foram traduzidas para muitas línguas e seu trabalho é tão vasto que mesmo depois de 400 anos ainda nem tudo foi traduzido do latim para o tcheco.

Jan Amos (nome que significa “forte”) Comenius dedicou grande parte de seu trabalho a crianças e jovens. Ideias atemporais são facilmente separáveis dos clichês da época. Na verdade, ele frequentemente escreve concretamente e não apenas abstrata e filosoficamente.

Portanto, vamos mergulhar em ideias cujo poder ainda é evidente hoje e cuja relevância pode nos estimular, nos surpreender agradavelmente e muitas vezes nos fazer pensar se algo deve ser reconsiderado. Ideias que são mais um "padrão de ser" do que o pensamento contemporâneo.

Jan Amos vê o homem como integrado no todo da vida. Sim, podemos dizer corajosamente - na totalidade das mais altas correspondências possíveis - no campo divino da vida. Ele mesmo diz: "O espiritual está primeiro comigo, e a partir dele vem o pedagógico". Suas ideias não podem ser separadas do exame constante do pequeno todo – o ser humano - em relação aos grandes todos. Em relação à sociedade, à terra, ao mundo, a Deus. "Pois educação significa o conhecimento da verdade, e se todos os homens adquirirem a verdade, perdem os motivos de todas as disputas". [1] Aqui, a “pansofia” deveria desempenhar um papel central, como a educação levando o homem a uma ideia competente do mundo, da sociedade e de Deus. Facilitar a educação para que as faculdades do intelecto humano, do raciocínio e do sentimento se tornem "brincadeiras" era um dos objetivos. A educação deve ser mais agradável, mais fácil, rápida e com o menor esforço. Somos confrontados com a ideia de Pampaedia, ou seja, educação universal para todos.

Por termos nascido aqui nos tornamos habitantes deste mundo e estamos aprendendo desde o primeiro segundo. Inconsciente e conscientemente. Assim como uma casa com boas fundações permanece bem mesmo diante de agitações, assim como uma árvore com raízes bem estabelecidas é sólida, assim também uma pessoa que recebe uma boa base na "escola da infância" está preparada para os passos seguintes na vida.

Educação é "formação" (Gestalten). Uma expressão que também é usada extensivamente por Rudolf Steiner em sua Antroposofia. Tanto a pansofia como a antroposofia têm em seus termos uma referência à sabedoria - sophia. O homem e a sabedoria pertencem um ao outro. Estamos, assim, diante da pergunta: ao homem pode ser ensinada a sabedoria? Ela pode se desenvolver nele como um broto em uma flor? Ou ele traz isso consigo mesmo como seu talento?

O homem da pampaedia é educado em oito escolas:

1. a escola do nascimento

2. a escola da primeira infância

3. a escola da infância

4. a escola da adolescência

5. a escola da juventude

6. a escola da idade adulta

7. a escola da velhice

8. a escola da morte

Em todas as fases da vida, o homem pode receber conhecimento, avançar mais, entender mais, ganhar sabedoria e outros valores. Em um tempo como o nosso, quando nós, como sociedade humana, somos confrontados com ondas de doenças, desintegração de formas, guerras, fome e ameaças que assolam toda a humanidade, não há razão para parar de lutar. É frequentemente nos escombros que uma linda e perfumada flor cresce.

Que este artigo sirva para refletir sobre o que é significativo em todas as idades, quem é o homem, qual é o seu potencial. Apoio a todos aqueles que confiam que ainda podemos ganhar sabedoria, caminhar conscientemente pela vida com clareza de esforço, e tudo isso refletirá como um benefício para aqueles que estão aqui como seres jovens conosco.


[1]  Komenský, Jan Amos: Informatorium školy mateřské (Escola da Infância).

 

Início pdf share